Evite estes 3 erros comuns no agachamento

05/10/2018 - Opinião Profissional

O exercício agachamento é muito comum em salas de musculação, treinamento funcional, estúdios e outros ambientes. A seguir, citaremos alguns erros comuns na execução do movimento que devem ser evitados garantindo a melhora da performance e alcance dos resultados.

Erro 1: Retroversão Pélvica no Agachamento

Retroversão Pélvica é quando você automaticamente encaixa o quadril, e o direciona “para dentro” no final da fase excêntrica. Ou seja, quando você está agachado, no final do movimento.

Isso ocorre principalmente em maiores amplitudes de movimento, ou seja, agacha no ângulo do joelho menor que 90º. Por isso, para que o movimento seja feito mais à fundo ou quebrando a paralela, é preciso ter muito cuidado para que o quadril permaneça estável.

Quando o quadril entra em retroversão, uma sobrecarga excessiva na região lombar é gerada, já que a retroversão acarreta em um arredondamento da coluna. Portanto, o agachamento deve ser executado somente até a amplitude em que consegue-se manter a qualidade do movimento, sem “rotacionar para dentro” o quadril.

Erro 2: Mau alinhamento dos joelhos

Durante o agachamento, os joelhos devem estar sempre alinhados com o pé. Porém, é comum vermos pessoas direcionando os joelhos “para dentro” (joelhos valgos) ou exageradamente “para fora” (joelhos varos) na fase concêntrica do agachamento, ou seja, na subida do movimento.

O mau posicionamento dos joelhos faz com que tenhamos uma sobrecarga exagerada em ligamentos, como os colaterais e cruzados. Isto somado a carga externa, temos um movimento potencialmente lesivo.

E também, precisamos nos preocupar com a compressão patelofemoral, pois quando fazemos um movimento de extensão do joelho fora do eixo, ou seja, se exercutamos a fase de subida do movimento com os joelhos para dentro ou para fora, é como se a patela “andasse fora do trilho”. Isso pode ser prejudicial especialmente para quem tem condromalácia.

Erro 3: Sobrecarga do movimento sem antes dominar a técnica.

Para realizar o exercício com carga, é preciso treinar fortemente a técnica e ir aumentando o peso progressivamente. A qualidade de execução é o fator mais importante do exercício.

Quando bem executado, o agachamento é um exercício seguro que proporciona grandes resultados. Bons treinos!

Esta publicação tem assinatura de Naira Vier, profissional de Educação Física certificada pelo CREF (023346-G/SC).  




Relacionadas

  • 16/08/2019

    Cadeira abdutora: com ou sem inclinação do tronco?


    A cadeira abdutora é comumente vista nas salas de musculação e é utilizada para executar o exercício de abdução de quadril....
     Ler matéria completa
  • 22/03/2019

    Gestantes e musculação


    Saiba quais os benefíciose riscos da musculação durante a gravidez...
     Ler matéria completa
  • 14/12/2018

    Corredores podem treinar força?


    O treino de força proporciona fortalecimento e resistência muscular aos atletas de corrida....
     Ler matéria completa



Rua Bernardino Jos de Oliveira, 1113
(47) 3334 1003
Badenfurt - Blumenau/SC
CEP: 89070-270
Rua Bahia, 230
(47) 3337-3888
Itoupava Seca Blumenau/SC
CEP: 89031-000
Comendador Franco, 5378
(41) 3016-1366
Curitiba PR
CEP: 81560-000