Nasce uma mãe: atividade física no pós-parto

10/05/2019 - Saúde e Bem-estar

Com o nascimento de um bebê, nasce também uma nova mãe, e com ela um tempo de recuperação pós-parto, adaptação à nova rotina e atenção total ao novo serzinho de casa, totalmente dependente de cuidados. Mas assim como antes e durante a gestação, é possível conciliar todas essas novidades com a volta a uma rotina de exercícios físicos. Por isso hoje, vamos te dar algumas dicas de como lidar com sua aluna que se tornou mãe recentemente.

Os exercícios físicos são fundamentais para sua aluna mamãe tonificar e recompor os músculos, especialmente abdominais e pélvicos, muito exigidos na gravidez e no parto. Além desses benefícios para o corpo, fazer atividade física também pode ajudá-la a reduzir o estresse e ansiedade, comuns nessa nova fase.

Ao auxiliar a retomada aos treinos, é importante ter em mente que os partos normal e cesário possem recuperações diferentes e períodos específicos de repouso, que deve ser seguido à risca conforme a recomendação médica. O parto normal é um pouco mais tranquilo em relação à recuperação. Em média, em 15 dias a mãe já pode começar a fazer exercícios físicos leves ou moderados. Já ao passar por uma cesariana, necessita de pelo menos 30 dias para o retorno aos treinos, especialmente em exercícios que envolvem a musculatura abdominal, que passou recentemente por uma cirurgia.

Seja qual for a via de parto, o acompanhamento médico é primordial para reconhecer a real situação de cada parturiente. Esteja atento, principalmente, se houve alguma complicação de saúde relacionada ao parto ou alguma internação com durabilidade além do período comum. É preciso também seguir as recomendações médicas de sua aluna sobre a intensidade e frequência nos primeiros dias e semanas, que geralmente iniciam com treinos de fortalecimento, alongamento e postura.

Acima das instruções médicas e relacionadas à educação física, a nova mãe precisará de um atendimento humano e empático, pois será um desafio manter-se firme nos treinos com uma missão tão importante que é a maternidade. Por isso, além das atividades físicas orientadas por você, incentive-a também a caminhar ao ar livre quando o bebê puder sair de casa ou mesmo escolher modalidades das quais o bebê possa participar. Assim, o exercício se torna mais leve, divertido e ajuda a estreitar o vínculo afetivo entre mãe e filho.

Não é fácil voltar à rotina quando seu mundo passa a ter um novo sentido. Mas ser mãe e cuidar de si mesma, querendo ou não, é também ser exemplo para que no futuro o filho exercite o bem-estar também.




Relacionadas

  • 24/02/2021

    Saúde Postural


    Seus alunos e clientes, inclusive os que são atletas, estão cada vez mais stressados com as cobranças do dia a dia. Essa pressão pode ocasionar o encurtamentos de determinados grupos musculares, principa...
     Ler matéria completa
  • 08/12/2020

    Treinar no Calor


    Os dias mais quentes do ano estão chegando e para ter um bom rendimento e resultados nos treinos, algumas mudanças de hábitos precisam ser tomadas. Separamos algumas dicas que irão te ajudar a treinar du...
     Ler matéria completa
  • 23/11/2020

    Efeito sanfona: por que seus alunos sofrem com isso?


    Perder peso não é uma tarefa fácil. E manter o peso perdido, é com certeza um desafio ainda maior! O efeito sanfona é caracterizado por isto pela oscilação dos quilos que vão e voltam tirando seus al...
     Ler matéria completa



Rua Bernardino Jos de Oliveira, 1113
(47) 3334 1003
Badenfurt - Blumenau/SC
CEP: 89070-270
Rua Bahia, 230
(47) 3337-3888
Itoupava Seca Blumenau/SC
CEP: 89031-000
Comendador Franco, 5378
(41) 3016-1366
Curitiba PR
CEP: 81560-000