Outubro Rosa: exercícios contribuem para prevenção e tratamento

Como comentamos no post anterior, o mês de outubro é caracterizado pela tradicional campanha mundial de conscientização e prevenção contra o câncer de mama, que tem como objetivo salientar a importância do diagnóstico precoce.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o segundo mais comum entre as brasileiras com 60 mil novos casos por ano. A boa notícia é que 30% dos casos podem ser evitados quando uma rotina saudável é adotada.

Oncologistas indicam a execução da mamografia uma vez ao ano por mulheres acima de 40 anos. Além disso, “controlar o peso, fazer escolhas saudáveis nas refeições e praticar atividade física são fundamentais”, defende Dr. Daniel Gimenez, oncologista clínico do Centro Paulista de Oncologia e diretor do Núcleo de Oncologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Além do exercício físico ser importante para as pessoas que querem se prevenir do câncer, se exercitar também faz parte da prescrição para quem está em tratamento da doença. Ao contrário de anos atrás, hoje se sabe que a atividade física aumenta a tolerância do organismo à quimioterapia, diminui o tempo de recuperação após a cirurgia e eleva as chances de cura.

Estudos apontam que exercícios aeróbicos combinados com a musculação são excelentes para mulheres que estão lutando contra o câncer. É importante salientar, que as pacientes que sempre foram sedentárias e recebem o diagnóstico, é necessário começarem aos poucos, sem grande intensidade, para não causar lesões. 

Matriz
Blumenau
Curitiba
Atendimento através de agendamento
Criação de sites por Vale da Web