Treinar no Frio: dicas para incentivar os alunos no inverno

Sair do conforto e da temperatura do lar para encarar o frio até a academia não é fácil, principalmente para os alunos que treinam cedinho. E é por isso que garra, disciplina, dedicação e força de vontade são qualidades essenciais para que seu aluno não esqueça os objetivos.

Deve-se levar em conta que deixar de treinar no inverno pode comprometer os ganhos dos seus alunos, afinal o inverno equivale a 25% do ano, e uma rotina de treinos ruim neste período pode colocar tudo a perder. Mas esse não é o único motivo para se manter firme. Treinar no frio tem seus lados positivos e é preciso que você, professor, saiba como transmiti-los.

No inverno, o corpo utiliza mais energia para manter-se aquecido, ou seja, para os alunos que desejam perder peso essa é a melhor época do ano, se associada à manutenção de uma alimentação saudável. Além disso, o frio não dá aquela sensação de exaustão na hora de praticar um exercício, que acontece muito no verão. Isso acaba beneficiando a motivação e o rendimento!

Diante de tantos benefícios, confira algumas dicas para incentivar seu aluno a superar o frio e treinar com ainda mais vontade no inverno:

·  Atenção ao ambiente

O ar-condicionado está ligado? O chão está molhado em dias de chuva? A iluminação está muito baixa? Cada detalhe é importante para que o aluno se sinta bem. Por isso analise se a estrutura que oferece é agradável para que, apesar da preguiça do caminho, ele não desanime ao chegar no local de treino.

·  Auxilie-o a traçar novas metas

Ao serem traçadas, monte novos treinos para o seu aluno. Com novos objetivos e treinos específicos para alcançá-los, ele se sentirá muito mais animado e se esforçará mais!

·  Instrua-o a deixar suas coisas de academia organizadas, principalmente se treina de manhã

Se o aluno já estiver com preguiça de treinar, qualquer empecilho será motivo para a autossabotagem. Ou seja, se ele acordar cedo sentindo a temperatura fria, lembrar que terá que pegar trânsito para chegar a academia, e ainda não estiver com a roupa de academia separada… Pronto, o combo perfeito para “matar” um dia.

· Monte treinos para executarem em dupla

Alguns alunos preferem treinar sozinhos, mas na “hora da preguiça” contar com o incentivo de um parceiro de academia pode ser muito bom! Inclusive, uma ótima opção para aumentar a motivação.

·  Utilize a “técnica dos dez minutos” 
 

Se mesmo com todo incentivo e metas traçadas, o aluno friorento estiver desmotivado, negocie com ele para que venha treinar apenas 10 minutos, especialmente se morar perto. Sim, vai parecer brincadeira, mas insista nesse desafio. Ele logo entenderá que os minutos são só um pretexto para driblar a autossabotagem, e dois que estiver treinando e com o corpo aquecido, obviamente já terá substituído a preguiça pela sensação de dever cumprido.

Com essas dicas, proponha experiências novas para seus alunos! Um cardio diferente, um exercício novo ou até mesmo um desafio pessoal, sempre motivando a conquistarem seus objetivos e a tornarem um hábito treinar no inverno.

Posts Recentes

Siga-nos

Matriz
Blumenau
Curitiba
Atendimento através de agendamento
Criação de sites por Vale da Web