Corredores podem treinar força?

Um dos componentes mais negligenciados por atletas de endurance, o treino de força trata-se de um trabalho de fortalecimento e de resistência muscular para aprimoramento da técnica de corrida.
estímulo muscular gerado por esse treinamento aprimora a coordenação intra e intermuslucar, melhora a capacidade de recrutamento das fibras musculares que auxilia na economia de energia durante uma corrida, e melhora a capacidade de armazenamento de glicogênio nos músculos. Isso quer dizer que quanto maior o depósito de glicogênio, que é a principal reserva energética nas células, melhor é o desempenho nas atividades de resistência. Com isso não há prejuízo nas funções do sistema nervoso central, ajudando ao corredor, mesmo em corridas mais intensas, a não ter sua capacidade motora reduzida, o que é muito importante para evitar lesões.
O treinamento de força para corredores, na maioria das vezes é feito com enfoque na melhora do desempenho e na redução das chances de lesão. Por isso, outros objetivos, como a hipertrofia por exemplo, acabam tornando-se secundários neste tipo de treino. Portanto, dentro de uma periodização para os atletas e/ou praticantes de corrida, é muito importante que o treinamento de força seja muito bem pensado e planejado.

Esta publicação tem assinatura de Naira Vier, profissional de Educação Física certificada pelo CREF (023346-G/SC).
 

Posts Recentes

Siga-nos

Matriz
Blumenau
Curitiba
Atendimento através de agendamento
Criação de sites por Vale da Web