Treino de força compromete a flexibilidade?

A flexibilidade é uma capacidade necessária ao ser humano, independente de sua condição física ou idade. As formas mais comuns de aumentar a flexibilidade são exercícios de alongamento, que podem ser estáticos, dinâmicos ou de pré-contração.

Como a musculação por vezes é associada a corpos com alto volume de massa muscular, uma dúvida comum é se o treino de força pode comprometer a flexibilidade. Se os exercícios forem executados priorizando a amplitude do movimento e respeitando a técnica, isso não acontecerá. Pelo contrário, exercícios como o stiff, por exemplo, ajudam até a “alongar” determinados grupos musculares.

Em resumo, o treino de força não prejudica a flexibilidade, e inclusive contribui para essa valência física, desde que executado sempre com a supervisão de um educador físico habilitado para oferecer todas as orientações e monitorar os movimentos visando sempre a qualidade e a saúde.

Bons treinos!

Esta publicação tem assinatura de Naira Vier, profissional de Educação Física certificada pelo CREF (023346-G/SC). 

Posts Recentes

Siga-nos